Se questões acumulas em teu ser

Não te desesperes nem tente entender

A vida vai mostrar, o que tiver que ser, será

Angústia e ansiedade afastam a cura

Nada de raiva, esta temível clausura

Que só sufoca o coração

Siga o caminho em silêncio e com ternura

Atento apenas à doçura

Da vida, rumo à paz e nada mais

Frua o dia-a-dia

Na tranquilidade que acolhe

Que surpreende e faz sorrir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s