São casas pequenas
Portas abertas
Jardins tão verdes
Caminhos de pedras
De cores diversas
Encantos de flores
Cercas tão baixas
Lareiras para aquecer
Um riacho ao longe
Aconchego que espera
Que habita essa casa
Esse canto em silêncio
Que acalma e afaga
E assim mantenho
O meu sonhado vilarejo

Anúncios

Um comentário sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s