Aqui no alto, aqui em cima
É tudo vago, tudo branco
Até o turbulento tranco
Dessa emoção prístina

Flores e pássaros vejo
Nesse baile no ar
De surpresas e canções…
Como é doce voar

Vem a brisa boa
E mais longe me lança
Na vertiginosa dança
Dessa estação canora

E quando pousar, vou gravar
As mais belas imagens
No seu coração, onde vão ficar
Como carinhosas tatuagens.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s