O coração que chora
De saudade
E que grita
Por liberdade
Não expressa
Vaidade
Tem alegria
De palhaço
E caminha
Sem falsidade
Corre corajoso
Pela voz
Da melancolia
Não tem receita
Para a felicidade
Não sabe medir
Prós e contras
Somente se abriga
Na trincheira
Da sua arte
A defender
Seu filosofar.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s