A manhã de sol
Atravessa minha cortina
Chamando-me a ver e viver
A vida como menina
O dia chega preguiçoso
Até estalar os ânimos
Instala-se para valer
Sob um sol magnânimo
De minha parte, ponho um disco
E com a música fico a refletir
Sobre o dia, a vida, a alegria
Tudo a agradecer e mais nada a pedir

Anúncios